Brasil, 14 de Novembro de 2018
03 de setembro de 2018

Doação significa doar-se e... Ação

Gil Prando

Aos CABELEIREIROS

Entendo ser interessante contar a minha experiência com este ofício, que é sagrado!
 
Temos em nossas mãos o dom divino da transformação. Em poucos minutos criamos para uma pessoa uma nova imagem, enxergando e entregando novas molduras para uma face. E diante do espelho ela encontra uma união do seu lado exterior e com o interior. 
 
Temos em nossas mãos ferramentas cortantes, poderosas e desafiadoras para esculpir, colorir, imaginar e materializar.
 
Temos em nossa personalidade o lado sensorial bastante desenvolvido em razão do toque constante nos fios de cabelos e também pelo manuseio constante dos cosméticos que nos cercam.
 
Temos dentro dos corações o poder de doação e fazemos isso para causas sociais voluntária, nas quais somos criadores, visagistas e, posso dizer, quase psicólogos – sim, acabamos nos tornando um pouco disso também. Visual e emocional caminham lado a lado.

Bem, dentro de mim tenho a grandeza de uma doação completa, sobre a qual também desejo dividir com vocês. Faço parte de um grupo de cabeleireiros da ONG Rapunzel Solidária. Cortamos cabelos para fazer perucas especiais. Nosso trabalho consiste em doar novos cabelos e visuais para mulheres com câncer, que perderam os seus fios naturais ao percorrer os caminhos dos tratamentos de quimioterapia.
 
Para cada confecção doamos trabalho e amor. São necessárias várias mechas de cabelos. Todas são minuciosamente separadas e agrupadas de acordo com suas características iguais.
 
E é também sobre esta experiência que quero compartilhar a verdade de que em nenhuma escola tive a oportunidade de tocar, sentir e cortar cabelos com tamanha diversidade de texturas, espessuras, curvaturas e misturas de procedimentos químicos.
 
Além disso, estudar formatos de rostos me permitiu criar estilos e fazer a felicidade de muitas pessoas – tanto das que doaram seus cabelos e confiaram em meu trabalho como as que receberam o produto, o resultado do nosso trabalho.
 
E a verdade é que sempre aprendo muito em cada evento realizado. Os lugares escolhidos para as ações são incríveis. Alguns exemplos? Em São Paulo, espaços no meio da Av. Paulista, os Parques do Ibirapuera e Vila Lobos, a USP e várias outras empresas, além, é claro de outras cidades.
 
A sensação quando chego em casa é de total realização. E isso envolve muita felicidade, satisfação e reconhecimento. Agradeço aos fabricantes, doadores, pessoas que recebem as perucas, todo o treinamento e a vida! 
 
A realidade é que trata-se de um ganha-ganha infinito e, no fim, isso é fazer história na alma e no coração.

*Gil é cabeleireiro no LabDudamolinos, formado em Visagismo e Tricologia pela Universidade Anhembi Morumbi.

 
Mais notícias sobre Coluna da Beleza | Voltar
ÁREA DO EXPOSITOR e MONTADOR
Usuário
Senha
Usuário
Senha