Brasil, 06 de Agosto de 2021
19 de outubro de 2015

Prontuários Estéticos e atendimento personalizado

Prontuários Estéticos e atendimento personalizado





Prontuários Estéticos e atendimento personalizado

Por Isabel Luiza Piatti

No dia a dia de trabalho, com certeza muitos profissionais de saúde estética se deparam com clientes que buscam as melhores soluções para tratar as alterações que tanto os incomodam e, claro, com resultados rápidos e eficazes. E o atendimento personalizado e especializado, a partir de prontuários estéticos específicos para determinada alteração inestética é o caminho que todo profissional de saúde estética do século XXI precisa para atender bem o cliente.
Para isso é preciso conhecer bem seu cliente, afinal tanto a genética (ramo da biologia que estuda a hereditariedade) quanto a epigenética (ciência que pesquisa a ação do meio e dos hábitos de vida sobre o indivíduo) interferem nas alterações estéticas e nos resultados dos tratamentos. E como se chega a essas informações? Com um bom prontuário estético.

Essa é uma forma para se tornar evidência no mercado, pois já há algum tempo o perfil de profissional que oferecia apenas pacotes de tratamentos fechados deixou de ter vez no mercado, pois o cliente que chega para o atendimento carrega consigo toda uma história que construiu até ali. E a utilização de prontuários estéticos é imprescindível, já que possibilita uma avaliação precisa para um tratamento específico. As alterações estéticas precisam ser vistas de forma global, a partir de um contexto emocional, mental, espiritual e físico, bem como o próprio cliente.

O primeiro passo é ter como base uma avaliação personalizada, que leve em consideração o cliente como um todo. Cada alteração estética tem suas especificidades, portanto, precisa de prontuários diferenciados, com perguntas específicas, para que se chegue à personalização dos protocolos. O prontuário serve como um instrumento mais qualificado na prática clínica para a coleta de dados, avaliação e condução do atendimento, reforçando a necessidade do profissional ter o conhecimento técnico-científico para direcionar os tratamentos.

A realização desse mapeamento deve incluir análises objetivas e subjetivas que contemplem informações minuciosas sobre o cliente e seus hábitos de vida, histórico anterior, hábitos, patologias, tratamentos já realizados e outras variáveis que serão associadas à análise clínica da pele. Esse direcionamento acaba exigindo também dos fornecedores/indústrias de cosméticos uma adaptação. Então opte por empresas especializadas que oferecem linhas completas de produtos para peles sensíveis, acne, síndrome de desarmonia corporal, nutricosméticos, peles maduras, pré e pós-operatório, entre outros, de forma transparente e profissional, com lista completa dos ativos e a concentração de cada um no rótulo, possibilitando aos profissionais direcionar os tratamentos de forma personalizada.

Mas de nada adianta realizar todo esse mapeamento e fazer o diagnóstico correto se você não tiver os melhores produtos para realizar o tratamento estético em seu cliente. Por isso a indicação é que os profissionais procurem trabalhar sempre com produtos de empresas especializadas e que os clientes busquem informações sobre os cosméticos que estão sendo utilizados durante seus tratamentos. Produtos com bases biocompatíveis, além de serem livres de substâncias nocivas em sua formulação, oferecem melhores resultados pois permitem melhor penetração dos ativos na pele.

E o que há de mais tecnológico e inovador no mercado atual são os produtos com ativos em alta concentração, vetorizados e sem adição de água, o que traz resultados muito mais eficazes, sinônimo de satisfação garantida para o cliente que chega a seu objetivo mais rápido e para o profissional, que mostra estar antenado e comprometido com a qualidade de seu trabalho. E, o mais importante, embasados não somente na epigenética, mas também na genética, ou seja, direcionados a ação de genes ligados diretamente às alterações inestéticas, que é o que existe de mais atual na cosmetologia. Dessa forma, um tratamento com esse tipo de produto possibilita que o profissional de saúde estética componha ele mesmo na hora do atendimento o cosmético que vai utilizar no protocolo que irá tratar aquela síndrome alvo específica.

A realização do prontuário também pode se dar por meio de softwares e aplicativos, sendo que alguns vão além e proporcionam soluções inovadoras e eficazes, trazendo praticidade ao dia a dia de atendimento, possibilitando, por exemplo, um protocolo de tratamento individual para cada cliente a partir de um mesmo conjunto de cosméticos pré-determinados. Nesse caso, o profissional preenche o Prontuário no sistema e a indicação de tratamento sai imediatamente, sendo possível fazer uso da melhor dosagem de cada um dos produtos de acordo com as particularidades do cliente.

A principal vantagem do uso da tecnologia é promover um tratamento mais eficaz e seguro, pois o próprio software direciona o atendimento de acordo com a individualidade de cada um, levando em consideração inclusive as contraindicações, pois, se durante o preenchimento do prontuário for identificada alguma restrição, o próprio programa fará o bloqueio dos respectivos ativos e produtos que não são indicados para aquele caso. De posse do relatório o profissional irá manipular o produto para o cliente no momento da aplicação, configurando um tratamento totalmente personalizado. Inclusive, com o avanço do tratamento e das sessões, a indicação de dosagem dos produtos pode mudar, e o que mostrará a necessidade dessa adaptação será exatamente uma reavaliação, por meio de um novo preenchimento do modelo de prontuário estético. Essa é a verdadeira estética da modernidade, a estética do século XXI.

É a ciência e tecnologia mostrando que não se usa mais um mesmo produto em uma mesma dosagem para todos os tipos de alterações e em todos os clientes. Elas precisam ser tratadas de acordo com a gravidade e urgência do caso. Além disso, com o software é possível a emissão de relatório personalizado com a logomarca da clínica, contrato de prestação de serviço, controle de presença e orientações para o cliente com indicação de tratamento diário home care.

E, para auxiliar os profissionais da área contamos com o apoio do Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas – CIA-BV que desenvolveu alguns modelos de prontuários que servirão de exemplo para direcionar os atendimentos, são eles: Prontuário de Avaliação Facial (PAF), Prontuário de Avaliação Corporal (PAC), Prontuário de Avaliação de Acne e Seborreia (PAS), Prontuário de Avaliação de Estrias (PE) e Prontuário de Nível de Estresse (PNE). Os arquivos estão disponíveis para download no site do CIA-BV, basta acessar www.ciabv.com.br.

Isabel Piatti
Profissioal Aisthesis. Técnica em Estética. Graduanda de Tecnologia de Estética e Imagem Pessoal. Especialista em Cosmetologia. Palestrante no VI Congresso Mundial de Medicina Estética da IAAM/ASIME, 2009, em São Paulo. Palestrante no 8º Congresso Internacional de Medicina Estética e Cirurgia Cosmética em Guaiaquil, Equador, em 2011. Palestrante em Congressos de Estética e Cosmetologia pelo Brasil. Diretora de Treinamentos da Buona Vita Cosméticos. Coordenadora do Departamento de P&D da Buona Vita Cosméticos. Colaboradora técnica de Revistas e sites da área de Beleza e Estética. Autora do Livro Biossegurança Estética & Imagem Pessoal – Formalização do Estabelecimento, Exigências da Vigilância Sanitária em Biossegurança.
E-mail: isabel@buonavita.com.br
 
Mais notícias sobre Coluna da Beleza | Voltar
ÁREA DO EXPOSITOR e MONTADOR
Usuário
Senha
Usuário
Senha