Brasil, 18 de Março de 2019
13 de abril de 2017

Panorama do profissional TRICOLOGISTA em 2017: início de um longo caminho e oportunidades

Panorama do profissional TRICOLOGISTA em 2017: início de um longo caminho e oportunidades





Panorama do profissional TRICOLOGISTA em 2017: início de um longo caminho e oportunidades

Sandra Rojas

É crescente a procura de médicos dermatologistas por profissionais Terapeutas Capilares. O que mudou neste cenário? Muita coisa mudou...

Como escrevemos há anos, Beleza e Saúde caminham juntas, mas atenção, existe a necessidade eminente de conhecer exatamente qual atuação de cada profissional e onde esta sinergia se torna factível e dentro de conceitos éticos e legais.

Acredito que estamos em um momento onde observamos o amadurecimento do conceito da tricologia aplicada no mercado brasileiro. Quem ensina, quem aprende, quem desenvolve produtos, quem fabrica, quem desfruta dos benefícios e resultados desta ciência maravilhosa; tudo está mais claro.

Como funcionam certificações e validações na formação do Terapeuta capilar? O que a Lei de nosso país diz sobre definição da profissão e suas possibilidades de atuação? Buscamos essas respostas. Com muita seriedade e pesquisa, grupos de profissionais estão desenvolvendo códigos de ética. Existe um forte movimento de pessoas sérias para que tudo aconteça da melhor forma.

Eu poderia escrever um livro sobre cada aspecto deste cenário, são tantas nuances e pontos à observar. Vamos de forma objetiva, conhecer alguns setores e visões:

A TRICOLOGIA: estudos sobre os cabelos. Poucos já sabiam e tinham convicção sobre a potencialidade, sobre a importância social, sobre a conexão com patologias e sua funcionalidade na vida do ser humano. Em 2014, em um importante congresso mundial e internacional, se falou sobre sistema capilar, e o 'tal cabelo', ter a possibilidade de ser considerado um órgão do corpo humano, devido sua complexidade. Deixar de ser um anexo do órgão pele. Essa aspirações continuam à pautar conversas científicas.

AS EMPRESAS: Já parou para pensar os produtos que a grandes marcas estão lançando no mercado? Já parou para refletir quanta diversidade de produtos e apelos cosméticos temos hoje? Todos tem a mesma certeza: temos que olhar para o couro cabeludo.

Cabelos saudáveis derivam de couro cabeludo saudável. Neste cenário, profissionais de beleza, com formação em tricologia e terapia capilar, são convidados à 'assinar' estes produtos, a endossar a eficácia destes produtos. São profissionais que conhecem muito bem o consumidor final e sabem da importância do movimento sinérgico: empresa x profissional x cliente.

OS PROFISSIONAIS: iniciam, começam, terminam e procuram formações. Os que encontram rapidamente o caminho ganham destaque no mercado como profissionais diferenciados, como tutores e docentes. Estes tem a certeza da necessidade de conhecimento de múltiplas fontes do saber. Os que necessitam de orientações, e carregam consigo a pergunta: "o que falta para que eu seja um bom terapeuta capilar?", devem observar algumas questões básicas:
 Necessito transmitir uma imagem profissional para atuação em beleza e saúde
 Necessito conhecer conceitos fundamentais de pele e sistema capilar
 Necessito reconhecer princípios ativos dos cosméticos que optei utilizar e conhecer mecanismos de permeação dos mesmos
 Vou atuar com equipamentos. Necessito conceitos básicos e fundamentais de ação e contra indicações ( isso é muito sério)
 Orientações que foram recebidas durante as formações que teve, e bom senso, aliás auto senso crítico profissional: que resultado posso oferecer ao meu cliente e o que realmente posso entregar? Qual meu nível de segurança? O quanto eu aproveitei enquanto estava estudando. O que foi oferecido e o quanto pude absorver? Esperei que alguém me conduzisse pelas mãos, ou decidi ir à luta e vencer a mais bela das competições.... Melhorar como ser humano e profissional à cada dia, e me superar todos os dias.

 É hora de auto reflexão. E o mais importante: NUNCA PARE DE ESTUDAR. A CIÊNCIA É UMA VERDADE QUE RENOVA À CADA DIA.

Fraterno abraço, nos vemos em breve na Hair Brasil!

Sandra Rojas
Docente da Universidade Anhembi Morumbi. Proprietária do Salão Duetto Hair. Coordenadora do Congresso de Tricologia da Hair Brasil e Coordenadora da ABT - Academia Brasileira de tricologia, em São Paulo.
 
Mais notícias sobre Coluna da Beleza | Voltar
ÁREA DO EXPOSITOR e MONTADOR
Usuário
Senha
Usuário
Senha