Brasil, 28 de Setembro de 2022
18 de julho de 2022

Natura Chronos estreia campanha e continua movimento contra o etarismo

 

"Você tem 54 anos? Nossa, mas você está maravilhosa”. De um dia para o outro, os elogios passam a começar com “mas”, e aquilo que poderia ser apenas uma fala positiva acaba se tornando um comentário revestido de preconceito e discriminação com base na idade – o etarismo. Para abordar o tema e questionar as atitudes, Natura Chronos, marca que há mais de 35 anos questiona os padrões de beleza exigidos pela sociedade, apresenta nova campanha que convida as mulheres a enxergarem a idade apenas com um número, e não como uma definição de quem são.

Assinada pela Africa, a campanha segue o conceito “Sua melhor pele em qualquer tempo”, e dá continuidade ao movimento iniciado por Andréa Beltrão, artista que – a convite da Natura – publicou um vídeo em suas redes sociais falando sobre o assunto, e o fato de ter 58 anos e estar ótima, cheia de energia e sem nenhum “mas”. Além de Andréa, outras personalidades como Silvia Ruiz, Quarentamos, Marina Dias, Wladia Goes e Patricia Pontalti se uniram à iniciativa organicamente.

“O nosso papel é trazer temas relevantes e atuais que impactam o dia a dia das mulheres, incentivando o debate público. O envelhecimento da mulher é, ainda, encarado com julgamento, como algo que temos que lutar contra. Precisamos começar a empoderar, pacificar as diferentes fases da vida e acabar com os estereótipos ainda tão presentes sobre a mulher”, conta Denise Coutinho, diretora de marketing Brasil da Natura.

“Notamos que essa maneira de ‘elogiar’, absolutamente corriqueira, só reforça a ideia de que, a partir de uma certa idade, a expectativa é que você não esteja ‘bem’, ‘ótima’, ‘bonita’. É como se você, para elogiar, tivesse que reforçar um ‘apesar da sua idade’. E é essa reflexão que queremos causar. A prova de que isso mexe com as pessoas foi a repercussão gigante do primeiro vídeo que soltamos com a Andrea Beltrão para começar a conversa”, diz Milena Zindeluk, Diretora de Criação da Africa.

O filme, inicialmente criado para América Latina, está sendo veiculado nos canais digitais no Brasil, além das redes sociais da Natura (@naturabroficial).

 
Mais notícias sobre Notícias do Setor | Voltar
ÁREA DO EXPOSITOR e MONTADOR
Usuário
Senha
Usuário
Senha