Brasil, 24 de Setembro de 2020
18 de maio de 2020

Celso Kamura fala sobre suas experiências e planos pós pandemia

Celso, você está bem ativo neste momento que estamos vivendo, me conte de suas experiencias e seus planos para a retomada?

A gente precisa se reinventar sempre né? Eu estou no mercado há mais de 40 anos e já passei por muitas crises, inclusive pela AIDS – onde os profissionais de beleza sentiram de perto o preconceito. O diferente dessa, eu acredito, é que a gente vai ter que parar de olhar para si para olhar para o outro. 

A pandemia mostrou para gente que dependemos um do outro sempre e em tudo. Se eu não me cuidar, eu posso te prejudicar, e se você não se cuidar, pode me prejudicar, então acho que esse cuidado com o próximo, eu espero que continue, que seja o novo normal.

Falando pelo lado financeiro, todo mundo vai sofrer, infelizmente. Está acontecendo no mundo todo, não é uma exclusividade nossa. Os grandes, os pequenos, os tradicionais, as startups... todos vamos ter algum problema financeiro em seus negócios. Mas acredito que o Governo terá planos para a retomada da economia, assim que a gente resolver o problema da pandemia. Temos que ser, antes de tudo, corretos.

No momento estamos seguindo as orientações do Governador de São Paulo, do Prefeito de São Paulo e do Ministério da Saúde.
Alguns profissionais estão atendendo algumas clientes em casa, como foi liberado pelo Governador, mas ainda acredito que o salão é o local mais apropriado, pois conseguimos controlar melhor o ambiente.

Estamos preparando o salão com todos os aparatos de segurança e novos procedimentos de trabalho para atender nossas clientes com o maior cuidado e proteção possíveis.

Além dos EPIs de segurança, teremos pro pé para os pés das clientes e profissionais, acrílico para atendimento na recepção, esterilização de materiais como escovas, pentes e tesouras a cada atendimento, horário de funcionamento reduzido e equipe reduzida também.
Quando retornarmos, vai ser diferente, o retorno das clientes não vai ser imediato, acho que teremos um tempo para nos adaptar às novas realidades.

Como você vê seu negócio no futuro? Me fale de novos projetos que pode nos apresentar.

No momento vamos focar no atendimento das clientes, na retomada do negócio e no desenvolvimento da equipe. Novos empreendimentos não estão nos planos num futuro próximo.

A moda e a beleza estão mais minimalistas, na sua campanha para a Hair Brasil, você já mostrou isso, esta tendência veio com tudo? Você pode nos adiantar algo que você imagina para nossa nova vida na beleza?

Na campanha que assinei para a Hair Brasil 2020, eu queria deixar bem claro que a beleza real ela sempre será a mais bacana.
Existem mulheres de cabelo curtos que são incríveis, cabelos ondulados e crespos, cabelos coloridos ou não, tudo há uma beleza que reverbera, se ela for real.

Acreditamos que cada mulher tem que ser como quiser ser, ela precisa estar confortável na sua beleza, única e especial.
Sobre o minimalismo, sim, já estamos vendo há alguns anos uma beleza bem mais minimalista nas passarelas e também na vida real. Na passarela, porque os estilistas hoje buscam ampliar o leque de clientes e para isso, precisam ser mais neutros no make, já na vida real, é porque os produtos estão com uma tecnologia tão incrível tanto no skincare como cabelos, que com bons produtos a beleza fica mais fácil.

Acho que esse pode ser um ótimo momento para o profissional de beleza se alimentar de outras coisas, que na loucura do dia a dia do salão, a gente não consegue.

Ver as séries que a gente queria ver, ler os livros que se amontoaram pela casa, cuidar e curtir nossa casa, procurar assistir desfiles de moda, folhear revistas antigas, tudo isso é alimento para nossa criatividade.

 
Mais notícias sobre Notícias do Setor | Voltar
ÁREA DO EXPOSITOR e MONTADOR
Usuário
Senha
Usuário
Senha