Brasil, 16 de Dezembro de 2018
08 de outubro de 2018

Beleza em Todas as Suas Formas: por uma sociedade mais tolerante

Hair Brasil - Alfapartf

Andréa Barbi (coordenadora e mediadora do projeto em São Paulo) e Diow Felix (instrutor em São Paulo)

 

Foi no ano de 2013 que o Grupo Alfaparf lançou um projeto diferenciado, que tem como objetivo educar, profissionalizar, capacitar e treinar jovens com deficiência intelectual para serem inseridos no mercado de trabalho. 

A ideia do Beleza em Todas as Suas Formas é contribuir para a construção de uma sociedade mais tolerante em relação à diversidade humana. 

O começo 

Após perceber a dificuldade de inserção profissional destas pessoas, além da falta de programas de formação técnica desenhados especificamente para este público, nasceu a possibilidade de utilizar a beleza – mais pontualmente os salões - como agentes de integração e interação destes jovens como auxiliares de cabeleireiros.

Neste momento, o Grupo Alfaparf, reconhecido pelo comprometimento com a qualificação e treinamento profissionais de alto nível, enxergou a possibilidade de criar um programa que através da educação, capacitação, treinamento e integração pudesse auxiliar também na construção de uma sociedade mais tolerante com as diferenças entre cada indivíduo.

Com isso em mente, o Instituto Metasocial - uma instituição sem fins lucrativos que há mais de 20 anos desenvolve ações para promover a inclusão social tornou-se o principal parceiro para desenvolver, implementar e coordenar o processo de formação e inserção no mercado de trabalho de jovens com deficiência intelectual. 

“A Alfaparf olhou para dentro de si e entendeu que o que ela tem de melhor, a formação de profissionais, possibilitaria que ela formasse os seus próprios colaboradores para a lei de cotas e assim começou a nascer este projeto. O nicho foi escolhido, pois é muito pouco explorado e são pessoas que não têm oportunidade, apesar de terem muitíssima capacidade”, conta Andréa Barbi, coordenadora e mediadora do projeto em São Paulo.

Segundo Andréa, a partir de então criou-se uma equipe multidisciplinar para desenvolver o Beleza em Todas as Suas Formas. “Líderes de dentro da empresa foram envolvidos no projeto. Diretor artístico, diretora de marketing, o próprio presidente, a coordenadora de metodologia e alguns agregados como psicopedagoga, psicóloga e até uma arquiteta”.

O caminho e os resultados

Para capacitar e qualificar os profissionais, uma metodologia especial foi desenvolvida pela Alfaparf. “Ela é totalmente acessível. A gente usa o easy-read, leitura fácil, que é acessibilidade para pessoas com deficiência intelectual e criou toda uma estratégia dentro da expertise da Alfaparf. E assim começamos, em São Paulo e Rio de Janeiro, a formação de todas as turmas”, explica a coordenadora do projeto em São Paulo.

Além do trabalho de formação realizado com os alunos, o Beleza em Todas as Suas Formas também oferece preparação para os salões de beleza que se interessam em recebê-los como auxiliares. 

 

Hair Brasil - Alfaparf

 

São realizadas capacitações com todos os funcionários, treinamento com o chefe imediato e auxílio na organização das atividades cotidianas dos ex-alunos. Todos os formados são acompanhados e monitorados pela marca através de visitas e entrevistas.

O projeto já formou mais de 150 pessoas com deficiência intelectual no Brasil (Rio de Janeiro, São Paulo, Lages e Palmas), Itália (Brescia e Bergamo) e Guatemala (Cidade da Guatemala).

“No mundo, a gente ganha em relacionamentos e no respeito a diversidade. As pessoas passam olhar a deficiência como uma característica e enxergam que estas pessoas têm capacidade, porque elas têm e muita”, afirma Andréa Barbi.

Para Diow Felix, instrutor do programa também na cidade de São Paulo, a questão de dar oportunidades para estas pessoas é o que faz a diferença na vida delas. “Mostrar como é o trabalho, ensinar e incluir no mercado. Depois destes passos, você percebe que entre eles e nós, não há diferença nenhuma além da falta de oportunidade. Aqui dentro, não vemos diferenças, olhamos para cada pessoa e ser humano como é, reconhecendo a capacidade de cada um, incluindo defeitos, qualidades, barreiras”, explica.

 

Metodologia e Capacitação
 
O objetivo do curso é oferecer ao jovem todo o conhecimento necessário para sua formação como auxiliar de cabeleireiro. O método pioneiro, desenvolvido para as aulas semanais do curso, é exclusivo para pessoas com deficiência intelectual, e apresenta o conteúdo teórico através de vídeos, imagens e uma retórica específica. 

Após a parte teórica, os alunos saem das salas de aulas e exercitam tudo o que aprenderam. Neste momento, também são ensinados a ter a postura profissional exigida pelo mercado de trabalho, em qualquer área de atuação.  No final do curso, os alunos fazem uma avaliação e os aprovados são encaminhados para o mercado. 

A Alfaparf é responsável pela remuneração de todos os jovens formados e contratados pelo projeto e pela criação de parcerias com salões de beleza para a sua empregabilidade.

 

Projeto Beleza em Todas as Suas Formas
Público:
Pessoas com deficiência intelectual a partir de 18 anos;
Formato: Grupo de, no máximo, 10 alunos; 
Duração: Quatro Meses divididos em dois módulos: Aprendizado Teórico e Prático e Vivências Práticas em Salão de Beleza;
Aulas: Uma vez por semana e um programa de autodesenvolvimento seis vezes por semana em casa;
Observação: o curso é essencialmente prático, contudo, a fundamentação teórica se apresenta durante o curso dentro das possibilidades de memorização que o grupo apresentar.

A Hair Brasil foi até o Centro Técnico da Alfaparf em São Paulo para conhecer alguns dos alunos do projeto Beleza em Todas as suas Formas. A Andressa (de blusa preta na foto abaixo), que já trabalha há 4 anos em um salão no Tatuapé, e a Karen (de casaquinho branco na foto), que é iniciante no projeto, ofereceram uma lavagem com hidratação e escova. 

O resultado? Esse aqui, sensacional:
 

Hair Brasil - Alfaparf

 
Mais notícias sobre Notícias da Feira | Voltar
ÁREA DO EXPOSITOR e MONTADOR
Usuário
Senha
Usuário
Senha